A CULTNE CINEMA
A implementação de políticas de Ação Afirmativa no Brasil tem favorecido o debate sobre a desigualdade étnica no país, bem como a adoção de medidas nas esferas federal, estadual e municipal, junto ao incentivo as ações culturais com foco na diversidade.

Neste contexto, o cinema ganha um papel de destaque, porque a partir do século XXI deixou de ser visto apenas como meio de entretenimento de massas, para ser encarado por estudiosos das ciências sociais como um veículo com grande potencial a ser explorado, tanto no campo da pesquisa, quanto no âmbito das relações sócio-raciais.

É com base neste novo olhar sobre o cinema, explorando as suas propriedades metodológicas, estruturais e cognitivas, que o Acervo Cultne pretende dar visibilidade ao discurso histórico, que se constrói sobre o que é ser negro no Brasil.

A diversidade de conteúdo audiovisual é uma oportunidade significativa, para se debater em que dimensão a arte cinematográfica se destaca das demais dando sentido a um mosaico de imagens, personagens, palavras e significados que compõem a vida cotidiana da população negra, contribuindo para que possamos mostrar a capacidade que a arte fílmica tem de colocar o homem em sintonia com o seu meio.

 

Filmes Festivais Reflexões Tributo